terça-feira, 14 de agosto de 2007

AS MARCAS DE UMA VIDA

Como seria bom se conseguíssemos viver a nossa vida sem feridas e sem cicatrizes.
Más se isto acontecesse será que teríamos vivido? Ou simplesmente apenas passado por ela, sem amar, sem sonhar, sem lutar, sem vencer, sem perder, sem aprender, sem errar, creio que seria uma vida vegetativa, sem expressão, sem sabor. As cicatrizes que adquirimos durante a vida servem para nos lembrar do nosso passado, das nossas lutar, das nossas vitórias. Só temos que ter cuidado com as feridas que ainda não cicatrizarão, com as magoas, para que não venha se tornar um câncer ou dar uma gangrena, e nos levar a destruição tanto física quanto espiritual.

Ha pessoas que nos falam e nem as escutamos; há pessoas que nos ferem e nem cicatrizes deixam. Mas há pessoas que, simplesmente, aparecem em nossa vida e que marcam para sempre...
(Cecília Meireles)

Nenhum comentário: