sexta-feira, 4 de abril de 2008

Um grão de areia



Como eu queria ter as respostas das perguntas que afligem a mente humana; Como eu queria ter a fórmula mágica que curasse todas as alma feridas;
Como eu queria abstrair o sentimento de culpa dos atormentados;
Como eu queria juntar os pedaços dos corações partidos;
Como eu queria cessar o sofrimento e a miséria humana;
Como eu queria povoar a vida de todos os infelizes de novas esperanças e sonhos;
Como eu queria que todas as pessoas encontrassem e vivessem um grande amor;
Como eu queria que as pessoas olhassem com compaixão e empatia o mundo ao seu redor;
Como eu queria impedir as perdas e a tristeza dos que amo;
Como eu queria contribuir mesmo que de forma singela para a felicidade da humanidade;
Não posso oferecer todas as respostas, mas posso procurar por elas, o que já é um grande passo.
Não posso acabar com a dor humana, mas posso evitá-la e ameniza-la.
Não posso abstrair a culpa dos atormentados, mas posso lhes oferecer um abraço e uma palavra amiga.
Não posso juntar os pedaços dos corações partidos, mas posso ajudar a recolhe-los
Não posso cessar a miséria e o sofrimento humano, mas posso amenizá-los e me compadecer com eles.
Não posso povoar a vida de todos os infelizes de sonhos e esperanças, mas posso povoar a existência de ao menos um infeliz.
Não posso fazer com que todas as pessoas vivam um grande amor, mas posso amar verdadeiramente uma pessoa.
Não posso impor um olhar de compaixão e empatia a outras pessoas, mas posso tê-lo
Não posso impedir a tristeza das pessoas que amo, mas posso evita-la e me isentar da responsabilidade de ter causado-a .
Não posso contribuir para a felicidade de toda humanidade, mas posso contribuir com a felicidade da minha família e amigos próximos.
O importante é começar a mudança de dentro para fora, é essencial que o primeiro passo seja dado para se chegar ao final da estrada da vida, é de suma importância uma gota de água na imensidão do mar, sem a pequenina molécula de água o oceano não seria o mesmo, é importante ter a consciência do nosso poder de transformação, da nossa singularidade e principalmente acreditar que nunca é tarde para começar e buscar pela felicidade e pela realização plena.

Annelisa de Andrade Rosa

Nenhum comentário: