quinta-feira, 22 de maio de 2008

SOLIDÃO



É como se o vento soprasse dentro do meu ser:

Um vento frio, forte e gelado que nenhum ser agüenta passar sozinho sem alguém para aquecer...

É como se eu tivesse num buraco sombrio e quase a enlouquecer.

É como um roubar, ferindo sem querer matar, machuca tanto que não me canço de chorar...

É como a chuva caindo sem nenhum proveito. É uma fera que não fere, mas chega a ser ferida.

É como alguém colocar obstáculos para impedir o meu caminhar, para a felicidade e assim acabar com essa solidão que me domina, sem ter você por algum tempo para me amar...

A Solidão... É com um rio sem água. É como um pássaro, sem voar e sem o seu cantar.

É como a noite, sem o luar. É como o dia sem o amanhecer, sem o entardar, sem o anoitecer, sem você! Isso é a solidão, meus dias na escuridão, sentir um vazio na multidão e é isso que eu sinto no meu coração quando não estás pertinho de mim, quando você, meu amor, é apenas uma lembrança de todos os momentos no meu pensamento e no meu coração.É a solidão que sinto, quando tenho frio e você está longe para me aquecer. É a solidão, que aflige os meus problemas, mas tendo-o ao meu lado, supero todas essas coisas inúteis que a vida nos proporciona.Em dias tristes, de frio e em dias alegres de calor, em que a solidão me rodeia, meus pensamentos vão até você e imagino se estás pensando em mim, e faço crer que a solidão não passa de uma fase, e o que realmente vale é o amor, que acalma o coração, inibe a solidão deixando-a sem razão.

Meu Amor, com você vivendo uma paixão, a solidão é apenas uma impressão.




Carlos Drummond de Andrade.



Um comentário:

vinny disse...

Pra que solidão se onde nós mais aprendemos é na comunhão? Afinal, " não é bom que o homem viva só"...Deus disse. "E quem não se envolve não desenvolve"(Neil Barreto).
E deixa de viver alegrias imensas, por medo de dores passageiras. Tudo na vida é rápido demais, não deixe de amar por medo de chorar pois esse medo não vai permiti-lo sorrir.