segunda-feira, 23 de junho de 2008

O PESSIMISTA E O OTIMISTA


O pessimista diz que a chuva resultará em lama;
O otimista diz que ela assentará a poeira.
O otimista diz que está melhor hoje;
O pessimista diz que estava pior ontem.
Quando o otimista vê uma abelha, diz que lá vai o produtor de mel;
O pessimista diz que lá vai o animal que ferroa.
O otimista diz que está feliz por estar vivo;
O pessimista sente pena por ter que morrer.
O pessimista diz que um dos teus pés é maior que o outro;
O otimista diz que um dos teus pés é menor que o outro.
O otimista descobre o bem no mal;
O pessimista descobre o mal no que é bom.
Numa empresa fabricante de sapatos, trabalhavam dois vendedores.
Um deles era otimista. O outro, pessimista. Ambos foram enviados a um longínquo país africano para investigar a possibilidade de vendas naquele local.
Após certo tempo, o pessimista enviou um telegrama à empresa, dizendo:
- Más notícias. Aqui ninguém usa sapatos.
Ao mesmo tempo, o otimista enviou esta mensagem para a empresa:
- Boas notícias! Aqui eles ainda não usam sapatos!
Conclusão: o otimismo nos leva a encarar a vida positivamente, a "fazer das tristezas, riquezas a mais, e do pranto, uma canção".
Quanto ao pessimismo... é derrotismo prático, suicídio psicológico, filho do desespero e pai da dissolução.


Autor desconhecido

Nenhum comentário: