sábado, 5 de abril de 2008

VESTI MINHA VIDA


"Sai da minha gaveta trancada.Sai.
Cadeado aberto.
Chave perdida.

Vesti minha vida.

Mudei de mim.
Arranquei meus olhos
para enxergar melhor.
Em escuridão dentro
voltei a me fascinar.
Ouvidos de ouvir.
Flores para cheirar.
Tudo para sentir.
Uma vida para tocar.

Sai de minha geladeira
tão particular.
Descongelei-me.
Voltei a sonhar.
Arco-íris no horizonte.

Tapete voador levando-me pelo céu.
Pensamento de mel.

Rosas azuis pela estrada.
Revoada de nuvens
de gostoso algodão.
De repente descobri:
tenho um coração!

Karla Bardanza"

Nenhum comentário: