sexta-feira, 21 de março de 2008

EVITAR O SOFRIMENTO


Privamo-nos para mantermos a nossa integridade, poupamos a nossa saúde, a nossa capacidade de gozar a vida, as nossas emoções, guardamo-nos para alguma coisa sem sequer sabermos o que essa coisa é. E este hábito de reprimirmos constantemente as nossas pulsões naturais é o que faz de nós seres tão refinados. Porque é que não nos embriagamos? Porque a vergonha e os transtornos das dores de cabeça fazem nascer um desprazer mais importante que o prazer da embriaguez. Porque é que não nos apaixonamos todos os meses de novo? Porque, por altura de cada separação, uma parte dos nossos corações fica desfeita. Assim, esforçamo-nos mais por evitar o sofrimento do que na busca do prazer.


(Freud)


AVOID THE SOFRIMENTO


Privamo us to keep our integrity, to save our health, our ability to enjoy life, our emotions, guardamo us for something without even knowing what this thing is. And this habit of constantly reprimirmos our natural pulsões is what makes us so refined beings. Why not us embriagamos? Because the shame and inconvenience of a headache are born a desprazer more important than the pleasure of getting drunk. Why not us apaixonamos every month again? Because, when each of separation, a part of our hearts is undone. Thus us strive to avoid more suffering than in the pursuit of pleasure.


(Freud)

Nenhum comentário: