domingo, 24 de junho de 2012

POR VOCÊ...

Segredos meus, nem são tão secretos assim,
Profundos, guardados no em meu coração,
Como diamantes, são gotas de orvalho ao sol.
Coração que é um grande e imenso mar de mistérios,
Como aguas agitadas, sempre aflito, querendo te ver,
Fica calmo, na mansidão,
quando ao meu lado estás.
Coração que por vezes nem sempre bate no ritmo certo,
Por pouco não explode se meus olhos encontram os teus,
Quase não bate, ameaça a
parar quando você se vai.
Coração que não aprendeu e não sabe o que é mentir,
Quer gritar ao mundo inteiro, o quanto eu sou apaixonado,
Fica mudo, esperando de um aviso, ao menos um sinal.
Coração que por si mesmo se deixar ferir na solidão,
Sangra até a ultima gota de sangue na sua ausência,
E para de sangrar quanto
retornas, pra comigo ficar.
Coração que nunca envelhece,
que não se deixa abater,
Supera a barreira do tempo,
desvios, mitos e receios,
E revive a cada instante,
quando perto de ti eu estou.
Pode ser que meu maior
segredo, meu maior bem
querer,
Seja não ter nenhum segredo que de ti eu queira esconder,
Por que em meu silêncio
profundo, te entrego de
bandeja,
Todo o amor,
Que sinto em meu peito,
Por você...

Autor: José Araújo

Nenhum comentário: